Nas Bancas

Recente decisão de Harry e Meghan pode indicar que não regressarão ao Reino Unido

Os duques deverão começar uma "nova vida" no Canadá.

CARAS
14 de fevereiro de 2020, 10:56

Parece estar cada vez mais próxima a saíde definitiva de Harry e Meghan do Reino Unido. Recentemente, o casal tomou uma decisão que confirma que não pretendem passar longos períodos em Inglaterra: fecharam o escritório no palácio de Buckingham, despedindo os seus 15 funcionários.

Os próprios duques informaram o grupo de pessoas que trabalhavam para eles que não precisariam mais dos seus serviços. De acordo com o Daily Mail, a maioria estará a negociar uma indemnização. Entre as pessoas dispensadas estão Sara Latham, que já trabalhara com Obama e Hillary Clinton, bem como Clara Loughran, que entregou o bouquet de flores a Meghan no dia do casamento.

Alega-se ainda que, agora a viver no Canadá, o casal esteja, paralelamente, a criar uma nova equipa de agentes de Hollywood, alguns que já trabalharam com Meghan quando era atriz, para os acompanhar nesta nova fase.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras