Nas Bancas

Com o afastamento de Harry, princesa Ana pode estar prestes a fazer História

A filha da rainha Isabel II poderá herdar um título nunca antes detido por uma mulher.

CARAS
12 de fevereiro de 2020, 09:15

Passou cerca de um mês desde o fenómeno que ficou conhecido com "Megxit", uma decisão dos duques de Sussex em dar um passo atrás e renunciar à sua posição dentro da família real, o que terá bastantes implicações nas suas vidas.

Ter que pagar a reforma da sua casa de Frogmore Cottage, não pode continuar a representar a rainha, tal como era seu desejo, e perder o tratamento de Sua Alteza Real eram algumas das regalias que já se sabia que teriam que abdicar. Agora surge a notícia de que será a princesa Ana quem pode vir a herdar os títulos militares de Harry, deixando o seu nome da História como a primeira mulher a ser nomeada capitã general dos Royal Marines, de acordo com informações avançadas pelo The Sunday Times.

Este momento acontecerá na próxima primavera, quando o seu sobrinho renunciar oficialmente ao cargo. De sublinhar que a princesa, de 69 anos, trabalha com mais de 65 organizações diferentes relacionadas com o exército, das quais sete são canadianas. A filha da rainha Isabel II ocupa já o cargo de almirante das mulheres na Marinha Real.

Harry herdou do seu avô, o duque de Edimburgo, em 2017, o cargo de capitão general dos marines, mas dado que tanto o príncipe como Meghan renunciaram aos seus deveres reais, deve também renunciar aos títulos militares, como parte do acordo fechado depois da reunião em Sandringham, na qual Harry, William, Carlos e a rainha Isabel II decidiram sobre o futuro dos duques de Sussex.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras