Nas Bancas

Conhecidos novos detalhes sobre quem vai pagar os custos de segurança dos duques de Sussex

Poderá ser adotado um "modelo misto".

CARAS
23 de janeiro de 2020, 17:39

São conhecidos novos detalhes sobre a questão de quem irá assegurar os custos com a segurança dos duques de Sussex, após estes terem deixado de ser membros séniores da família real. O que se sabe é que Harry e Meghan estão a planear pagar esse valor, mas apenas quando se tratarem de compromissos de natureza comercial, sem qualquer relação com a família real britânica.

Este é um modelo semelhante ao já usado pelo ex-primeiro-ministro Tony Blair, que, de acordo com o que uma fonte explicou ao Daily Mail, "reembolsa pelo menos parte de seus custos de segurança quando se tratam de viagens comerciais".

Os duques de Sussex estão atualmente na ilha de Vancouver com Archie, o filho de oito meses. A questão relativa aos custos com a segurança não ficou claros no texto do acordo entre Isabel II e o neto. Quanto ao primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, não avançou até agora sobre quem seria o responsável pela proteção do casal naquele país. Certo é que mais de 80 mil canadianos assinaram uma petição, iniciada pela Federação Canadense de Contribuintes, exigindo que o príncipe Harry e Meghan paguem os custos em segurança enquanto estiverem no país.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras