Nas Bancas

Sussex Royal: Como erro de Harry e Meghan põe em risco negócio milionário

Empresários da América do Norte e da Europa registaram marcas com o nome 'Sussex Royal'.

CARAS
22 de janeiro de 2020, 10:46

A independência financeira foi uma das razões de Harry e Meghan para afastarem-se da família real, mas um descuido pode levar os Sussex a perda de muito dinheiro. O casal registou, em junho do ano passado, a marca 'Sussex Royal', no Reino Unido, para comercializarem produtos, como camisolas e canecas, e, assim, angariar verba para as instituições que apoiam. A exploração comercial inclui mais de cem tipos de produtos. Após essa fase, os duques tiveram seis meses para estender o registo a outros países, o que não foi feito.

Agora, várias empresas da Europa e na América do Norte estão a registar a mesma marca e a vender produtos com as imagens do casal. Jared Folgeson, um empresário da Califórnia que também registou a marca, disse ao jornal britânico The Sun que quis "dar uma lição aos duques de Sussex para prestarem mais atenção ao que fazem".

O casal pode avançar com um processo legal de direitos de imagem, que, de acordo com o jornal The Guardian, renderia uma indemnização de 400 milhões de euros. No entanto, a acção pode durar muito tempo.

Recorde: Harry e Meghan apresentam o filho

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras