Nas Bancas

Quem vai pagar pela segurança de Harry e Meghan na nova vida no Canadá

Definido o futuro do casal real, ainda há pormenores por resolver.

CARAS
14 de janeiro de 2020, 10:29

Na tarde da última segunda-feira, 13 de janeiro, a rainha Isabel II emitiu um comunicado no qual afirma: "A minha família e eu apoiamos totalmente o desejo de Harry e Meghan de criarem uma nova vida como uma família jovem que são." As palavras surgiram depois de uma reunião familiar na qual foi debatido o futuro de Harry e Meghan, depois do anúncio de que o casal pretende seguir uma nova vida, afastados das suas funções sêniores na realeza britânica.

No mesmo comunicado, a rainha deixa clara a vontade dos duques de Sussex de serem independentes financeiramente, e diz que vai haver um período de transição em que Harry, Meghan e Archie devem dividir o seu tempo entre o Reino Unido e o Canadá. Porém, agora há muito o que resolver quando o assunto é a tal "independência financeira" que os duques desejam. Um dos pontos importantes que deve ser discutido nos próximos dias é quem vai garantir a segurança do casal real enquanto estiver em solo canadiano.

Segundo o jornal "Evening Standard", o primeiro ministro Justin Trudeau disse à rainha, de forma privada, que vai garantir a segurança da família real enquanto os três residirem no país. A recordar que o Canadá é uma monarquia constitucional que tem como chefe de Estado a rainha Isabel II. Em território canadiano o governador geral é quem representa a rainha, e a pessoa que ocupa o cargo (atualmente a ex-astronauta Julie Payette) é progetida pela Real Polícia Montada do Canadá. No caso de Harry, Meghan e Archie mudarem-se para o país, a família seria protegida pela mesma guarda, que teria de ser expandida.

Segundo a mesma publicação, o valor estimado da conta é de pouco mais de 1 milhão de euros, que seria dividido entre o Canadá e o Reino Unido.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras