Nas Bancas

O motivo de Kate e William não serem os padrinhos do filho de Meghan e Harry

O nascimento do bebé dos duques de Sussex está previsto para a primavera.

CARAS
2 de janeiro de 2019, 10:08

Cinco meses depois do casamento, o príncipe Harry e Meghan anunciaram que esperavam o primeiro filho. Como é normal, além das especulações sobre o sexo e o nome do bebé, também começaram a surgir questões relacionadas sobre quem seriam os escolhidos para serem padrinhos do mais novo bisneto de Isabel II. Os primeiros nomes que surgiram nas especulações foram os do irmão, o príncipe William, e da cunhada, Kate, apesar de Harry não ter sido convidado para ser padrinho de nenhum dos três sobrinhos - George, Charlotte e Louis.

Há um motivo para essa ‘exclusão’: como Harry era tio dos três filhos dos duques de Cambridge,teria naturalmente um lugar importante na vida destes, motivo pelo qual não foi considerado para padrinho.- É por essa mesma razão que é pouco provável que convide o irmão e a mulher para desempenharem esse papel na vida do filho (ou filha).

Recordamos que George tem sete padrinhos, Charlotte cinco e Louis seis.

Veja também: o Natal de Kate e Meghan foi especial

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras