Nas Bancas

infanta pilar.jfif

DR

Personalidades da política enviam condolências à família real espanhola pela morte da infanta Pilar

A irmã de Juan Carlos morreu esta quarta-feira, aos 83 anos.

CARAS
8 de janeiro de 2020, 17:08

A infanta Pilar, irmã do rei Juan Carlos, morreu esta quarta-feira, dia 8 de janeiro, aos 83 anos, vítima de cancro no cólon. Desde que foi anunciada a sua morte, várias foram as personalidades que recorreram às redes sociais para enviarem as condolências à família real espanhola.

Exemplo disso é o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, que deixou uma mensagem no Twitter em nome próprio e do restante Executivo. "Os meus pêsames, e de todo o Governo, ao rei Felipe VI, ao seu pai, o rei Juan Carlos, e a toda a Família Real pelo falecimento da Infanta Pilar de Borbón. Lamentamos a sua perda."

Além do primeiro-ministro, também a porta-voz do Ciudadanos, Inés Arrimadas, deixou uma mensagem. "Envio os meus mais sentidos pêsames ao Chefe de Estado e ao conjunto da Família Real pela morte da infanta Pilar de Borbón. que descanse em paz".

"Em nome do Partido Popular, envio as nossas condolências à Casa Real pelo falecimento da infanta Pilar de Borbón. Uma grande Infanta espanhola, que dedicou a sua vida a projetos sociais. Que descanse em paz", escreveu Pablo Casado, líder do PP, na sua conta no Twitter.

"As minhas condolências à Casa Real pelo falecimento da infanta Pilar de Borbón", publicou o porta-voz do governo da comunidade de Madrid, Ignacio Aguado.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras