Nas Bancas

Frederico da Dinamarca protagoniza nova polémica devido a reuniões com membros das Forças Armadas

O príncipe também tem sido criticado por negócios privados que envolvem uma propriedade na Suíça.

CARAS
24 de janeiro de 2020, 13:20

As últimas semanas não tem sido fáceis para Frederico da Dinamarca. Depois de se envolver num escândalo por causa de uma propriedade privada na Suíça, o príncipe foi questionado sobre a sua relação próxima com membros das Forças Armadas do país.

A parlamentar dinarmaquesa Anne Valentina Berthelsen solicitou informações sobre várias reuniões privadas que Frederico teve com pessoas ligadas ao órgão. De acordo com a revista Hola!, ela quis saber se houve troca de informações sigilosas. O Ministério da Defesa negou que o príncipe tivesse acesso a assuntos internos e confidenciais. "Está claro que conversas e decisões sobre estas questões ou sobre as Forças Armadas devem ser feitas através de canais oficiais", disse o Ministério.

O príncipe ainda enfrenta críticas por causa de uma propriedade na Suíça. A polémica surgiu quando a compra da casa foi revelada neste mês - uma aquisição que os dinamarqueses não tiveram conhecimento durante quase dez anos. Logo, descobriu-se que Federico e a mulher Mary alugavam a residência. A situação não foi bem vista, já que a Casa Real não pode gastar o dinheiro do governo fora das fronteiras nacionais sem permissão. Também é invulgar negociações privadas por parte de membros da família real pois estes recebem um subsídio público isento de impostos. As críticas resultaram na retirada da propriedade do mercado de aluguel, como confirmou a Casa Real Dinamarquesa.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras