Nas Bancas

alberto da belgicadelphine boel.jpg

Rei Alberto II da Bélgica reconhece filha ilegítima

O processo estava em tribunal desde 2013.

CARAS
28 de janeiro de 2020, 14:50

O rei emérito da Bélgica Alberto II, de 85 anos, reconheceu Delphine Boël como sua filha. A mulher, de 51 anos, moveu um processo em 2013 para que fosse reconhecida como filha do rei emérito.

No ano passado o tribunal deu ordem para que o monarca se submetesse a testes de ADN. Os resultados foram agora divulgados e comprovam os rumores que circulavam na Bélgica há mais de duas décadas.

Um comunicado emitido pelos advogados do rei e divulgado pela BBC informa que Alberto II "aceitou" que Delphine Boël "se torne na sua quarta filha", colocando fim ao "doloroso processo" que se iniciou há sete anos. Desta forma, Delphine passa a ter direito a uma parte da herança. Na sentença do tribunal conhecida em maio de 2019, o rei ficou obrigado a realizar os testes de ADN e caso se recusasse a fazê-lo teria que "pagar à Sra. Delphine Böel uma multa de 5000 euros diários”.

Recorde-se que a artista belga processou o monarca depois de este ter abdicado a favor do filho, Philip, em 2013. Delphine é também filha de Sybille de Selys Longchamps, uma baronesa belga.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras