Nas Bancas

Emir do Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum

Emir do Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum

Joe Giddens - PA Images

Primeira mulher do emir do Dubai quebra silêncio e fala sobre os abusos que viveu

Randa bin Mohamed Al Banna está há várias décadas impedida de ver a filha.

CARAS
13 de janeiro de 2020, 13:18

O emir do Dubai tem sido notícia nos últimos meses depois de a sua última mulher, a princesa Haya, ter fugido para Londres, tendo levado consigo os dois filhos do casal.

Agora, Mohamed bin Rashid Al Maktoum volta a estar no centro da polémica, depois de a sua primeira mulher, Randa bin Mohamed Al Banna, ter dado uma entrevista ao The Sunday Times onde relata os momentos terríveis que viveu por causa do ex-marido.

Randa conheceu o emir em 1972, quando tinha apenas 16 anos, durante uma festa em Beirut. Não demorou muito para que Al Maktoum a convidasse para ir ao Dubai. Os dois casaram-se e em 1977 nasceu a filha de ambos, Manal.

Al Banna descreve os primeiros anos de casamento como felizes, mas essa realidade rapidamente mudou, tendo começado a compreender que o marido era uma pessoa "difícil, restritiva e teimosa". Na entrevista, contou que se sentia cada vez mais asfixiada dentro daquele casamento e que decidiu divorciar-se.

Depois do divórcio foi expulsa dos Emirados Árabes Unidos, enviada para Beirut e nunca mais pôde ver a filha. Durante todos estes anos manteve a esperança de reencontrá-la, tendo-se, por isso, mantido em silêncio, mas vendo os abusos que sofreram as princesas Shamsa e Latifa - filhas do emir com outras mulheres com quem se casou posteriormente - decidiu agora dar o seu testemunho.

"Perdi tudo", disse, na mesma entrevista. "Perdi a minha família, a minha casa, a minha pequena filha, a minha dignidade e o meu orgulho", afirmou. "Tomei a minha decisão e, por isso, não posso ver a minha filha Manal. Nem sequer sei como ela é. Ele não me permite vê-la porque decidi ir-me embora. Esse é o meu castigo", continuou. Manal tem hoje 41 anos e a mãe sempre tentou contactá-la, mas sem sucesso.

De acordo com declarações dadas na mesma entrevista, em 2000 o emir permitiu que regressasse ao Dubai para ver a filha e a mulher assim fez. Quando chegou à morada indicada por Al Maktoum para ver Manal terá encontrado uma grande festa. O emir ter-lhe-á então dito que encontrasse a filha no meio da multidão. "Procura-a, quero ver o instinto de mãe", terá afirmado Mohamed bin Rashid.

Perante este cenário foi impossível encontrar Manal, pelo que no dia seguinte abandonou o Dubai. Ainda tentou regressar à cidade por ocasião do casamento da filha, mas garante ter sido brutalmente atacada dias antes da viagem.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras