Nas Bancas

Rei Carlos Gustavo

Rei Carlos Gustavo

Michael Campanella

Carlos Gustavo explica os motivos para as recentes alterações à família real

Foi em outubro que o monarca sueco anunciou quais os membros que deixaram de fazer parte da família real.

CARAS
29 de dezembro de 2019, 14:09

Foi no passado mês de outubro que Carlos Gustavo anunciou a sua decisão de retirar os títulos reais aos filhos Carl Philip e Madalena. Na tradicional mensagem de Natal ao seu país de origem, o soberano voltou a falar do assunto explicando os motivos da surpreendente decisão.

A medida suscitou polémica e esper-se que não seja caso raro, mas uma tendência que se deverá generalizar nos próximos anos com vista à sobrevivência da monarquia.

Os príncipes Alexander e Gabriel, filhos de Carl Philip e Sofía, e Leonore, Nicolas e Adrienne, filhos de Madalena da Suécia e Chris O’Neill, não voltarão a ter os mesmos direitos e deveres que os restantes primos.

No seu discurso de Natal, Carlos Gustavo lembrou que “no início do ano tomei a decisão de definir aquilo que se conhece como a casa real. A intenção era esclarecer quais os membros da família real que atuarão como representantes oficiais da Suécia no futuro. Para mim, é uma maneira de definir expectativas. Espero que a decisão seja útil quando os meus netos tiverem que construir o seu próprio futuro. Mas ainda falta muito para esse dia".

Contudo, os netos mencionados que deixaram de pertencer à família real continuarão a ser considerados príncipes e princesas e ocuparão a mesma posição na linha de sucessão ao trono, embora o seu título não seja transferível por parentesco nem para o cônjuge nem para os filhos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras