Nas Bancas

Ângelo Rodrigues: “com as provações por que passei, só tenho de agradecer à vida!”

O ator chegou ao Teatro Armando Cortez com Inês Monteiro, sua colega em “Golpe de Sorte”, e assistiram, sorridentes, à estreia da peça de Fernando Mendes “Insónia”.

Andreia Cardinali
18 de janeiro de 2020, 13:39

Depois de ter estado internado durante dois meses – de 22 de agosto a 24 de outubro –, uma parte deles em risco de vida, Ângelo Rodrigues já nem sequer aparenta ter passado por tudo o que passou, pois está completamente empenhado na sua recuperação e tudo tem feito para que a sua vida volte à normalidade. E apesar de confessar que ainda tem alguma dificuldade em estar em ambientes fechados com muita gente, o ator fez questão de assistir à estreia da peça Insónia, de Fernando Mendes, no Teatro Armando Cortez.

“Estou bastante reservado neste processo de recuperação e isso faz com que ainda não me sinta muito confortável com muitas pessoas à volta, mas acho que faz parte. Está a correr tudo bem, a minha recuperação está a ser incrivelmente rápida e acho que isso é visível. Apontavam para um ano de recuperação e em dois meses já evoluí muito. 2019 foi um ano incrível, com as provações por que passei, só tenho de agradecer à vida!”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras