Nas Bancas

BeFunky-collage (3).jpg

Kim Kardashian identifica-se com o sofrimento dos duques de Sussex

E explica porquê.

CARAS
26 de novembro de 2019, 14:50

Kim Kardashian parece ter mais em comum com os duques de Sussex do que seria de prever. Tanto a estrela televisiva como os príncipes Meghan e Harry tornaram-se três das pessoas mais perseguidas do ponto de vista mediático. Por esse motivo, o neto de Isabel II e a mulher optaram por afastar-se durante seis semanas, para assim poderem gozar de maior privacidade e acompanhar o crescimento do seu filho, Archie Harrison, de seis meses.

Agora, Kim dá uma entrevista ao programa televisivo australiano “The Sunday Project” durante a qual dá o seu parecer sobre o drama vivido pelos duques de Sussex.

“Acredito que cada um tem o seu próprio caminho. O dele [Harry] é extremamente pessoal, com o que sua mãe (princesa Diana) experimentou e como sua vida foi tão afetada pelos holofotes e pelos ‘paparazzi’.”

Ao mesmo tempo reconhece a forte pressão que os duques de Sussex têm sofrido, e que já os forçou a processar vários ‘tablóides’ britânicos, admitindo identificar-se com o par real. “Definitivamente sinto empatia por eles, com a sua necessidade de ter um lugar seguro, de tirarem um tempo para si próprios e ter privacidade quando necessitam”, afirmou a estrela de “Keeping Up With The Kardashians”.

Kim é agora um dos muitos aliados à luta de Meghan e Harry, da qual fazem parte Hillary Clinton, Louis Sarkozy, filho do antigo presidente francês Nicolas Sarkozy, e quase uma centena de mulheres do Parlamento britânico e que se solidarizaram recentemente.

Também o arcebispo de Canterbury, Justin Welby, afirmou que Harry e Meghan têm o “direito” a ter tempo livre e de descanso das suas obrigações institucionais. “Todos os membros da família real estão sob uma pressão que nenhum de nós pode imaginar. Cada uma das suas ações é analizada e cada declaração interpretada. Não são sobrehumanos, são um grupo de pessoas muito notáveis, mas não se pode colocar este tipo de pes extra sobre as pessoas”, concluiu o religioso.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras