Nas Bancas

David Beckham está proibido de conduzir durante seis meses

O antigo futebolista foi a tribunal por conduzir em excesso de velocidade.

CARAS
10 de maio de 2019, 13:30

David Beckham foi condenado esta quinta-feira a uma proibição de conduzir por seis meses, devido a ter utilizado um telemóvel enquanto estava ao volante. A sentença é do tribunal de Bromley, em Londres, à qual acresce ainda uma multa de 750 libras (cerca de 870 euros). O antigo jogador ficou ainda obrigado a pagar parte das custas do processo.

Beckham, de 44 anos, deu-se como culpado da infração que cometida no passado mês de novembro e que foi denunciada por uma testemunha.

Já em janeiro, o antigo capitão da seleção inglesa tinha tido um processo em tribunal devido a excesso de velocidade, depois de ter sido apanhado ao volante do seu Bentley a mais de 90 km/h, numa zona onde o limite máximo se fixava nos 65 km/h, em Londres. Dessa vez, Beckham deu-se, de novo, como culpado, porém o caso foi arquivado devido a um erro administrativo, dado que a notificação chegou um dia depois do limite máximo, que se fixava em 14 dias.

De acordo com o que foi dito durante o processo, podia ver-se o marido de Victoria Beckham a conduzir lentamente na estrada enquanto mexia no telemóvel. A infração valeu ainda ao antigo futebolista uma penalização de seis pontos na carta de condução, que se juntaram a outros seis que já tinha perdido. também por infrações devido a excesso de velocidade.

Recorde-se que já em 1999 o antigo jogador do Real Madrid tinha ido a tribunal devido a uma situação em que foi visto a conduzir mais depressa do que o permitido. No entanto, o advogado - o mesmo que o defende agora - conseguiu livrá-lo de uma proibição de conduzir durante oito meses, dado que alegou que o antigo futebolista se encontrava a fugir de um paparazzi

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras