Nas Bancas

Ana Mesquita inaugura exposição de homenagem a Amadeo de Souza-Cardoso

“Temperamento” ficará até fevereiro no antigo Picadeiro do Colégio dos Nobres, ao lado do Museu de História Natural e da Ciência.

Vanessa Bento
6 de janeiro de 2019, 17:00

Para assinalar os 100 anos da morte de Amadeo de Souza-Cardoso, Ana Mesquita pensou fazer dois murais em Amarante, cidade natal do pintor. Mas, antes disso acontecer, foi desafiada para expor no antigo Picadeiro do Colégio dos Nobres o seu Temperamento, nome desta experiência interativa que pretende homenagear o génio do pintor português. “O Amadeo dizia que a um pintor não basta talento, precisa de ter temperamento. É isso que dá uma certeza incontrolável de que se tem que fazer, de que se tem que realizar um sonho, de que se tem que emocionar os outros e transcender”, afirmou Ana Mesquita com a emoção que pautou este final de tarde. “É extraordinário ver o crescimento artístico da Ana. Mas o talento está lá desde o início. É um orgulho ver mais esta conquista”, admitiu o companheiro, o músico João Gil.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras