Nas Bancas

Fátima Lopes acarinhada pelos amigos na apresentação da coleção de verão

A estilista inspirou-se no meio aquático para criar estas propostas, que destina às mulheres reais.

Vanessa Bento
18 de novembro de 2018, 16:13

Há muito que Fátima Lopes nos habituou a criações ousadas, femininas e muito sensuais. E na apresentação que fez da sua nova coleção primavera-verão 2019, no Pestana Palace Lisboa, a criadora não se afastou da sua essência, antes quis sublinhá-la através da inspiração que foi buscar ao seu signo, Peixes. Com uma estética original, onde sobressaíram a elegância, a sensibilidade e um lado sedutor, Fátima Lopes quis transportar os presentes para um ambiente aquático e, no final do desfile, não escondeu a felicidade pelo resultado conseguido. “Inspirei-me no meu signo e isso estava patente na feminilidade, sensualidade e criatividade transpostas para o mundo aquático, com escamas de peixe, ondas do mar em musselinas de seda drapeadas, padrões com bolhas de água... O mar estava aqui. É um mundo aquático muito feminino e muito meu”, começou por explicar a estilista, que foi calorosamente aplaudida pelos muitos amigos e admiradores que não quiseram perder esta apresentação. “Não há palavras para descrever todo o carinho que estou a receber hoje aqui. Nem consigo pensar, concretizar. Se o fizer, estrago a maquilhagem de tanta emoção”, assumiu, sensibilizada.
Apesar de as suas criações serem geralmente conotadas com mulheres de corpos perfeitos, Fátima Lopes quis cortar com os estereótipos e apresentou, numa estreia nas passerelles portuguesas, uma manequim plus size, numa clara demonstração de apoio à beleza real. “Não considero que seja um arrojo, mas sim um sinal dos tempos. Há muito tempo que queria fazer isto e agora faz sentido, porque abrimos um departamento plus size na agência e vamos começar a formar manequins plus size. É um orgulho trazer pessoas reais para o mundo da moda. Porque eu desenho para as mulheres reais, não desenho para manequins. Normalmente, as peças são apresentadas por manequins, mas destinam-se a pessoas reais. E as pessoas reais têm todos os tamanhos, não são um 34. É tão difícil ser um 34! E a verdade é que as pessoas não precisam de ser este número, todas são bonitas à sua maneira e há lugar para todas e para todos os tamanhos. Era essa a mensagem que queria deixar aqui hoje”, sublinhou a criadora, de forma orgulhosa. Orgulhosos também ficaram os inúmeros convidados que encheram a Sala Belém do Pestana Palace Lisboa. “Sou amigo da Fátima há mais de 20 anos e sempre que posso estou presente nas apresentações dela. Os meus fins de semana costumam ser fora de Portugal, mas hoje consegui estar aqui. Sou um fã incondicional da Fátima, não só como estilista, mas essencialmente como pessoa e amiga”, afirmou Pedro Couceiro.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras