Médico culpado da morte de Michael Jackson saiu em liberdade

Conrad Murray saiu da prisão esta manhã, depois de ter cumprido dois dos quatro anos de sentença pelo homicídio involuntário do cantor da ‘pop’.

Relacionados

Assine a CARAS DECORAÇÃO e tenha inspiração garantida.

ASSINE JÁ

Mais na Caras