Simone de Oliveira: “Disse-me sempre que não tinha medo de morrer”

Muito emocionada, Simone de Oliveira descreve o amigo de quase 60 anos como "uma pessoa de um coração enorme, incapaz de tratar mal um colega". A cantora confidenciou ainda que Nicolau Breyner sempre lhe disse "não tinha medo de morrer".

Relacionados

Assine a CARAS DECORAÇÃO e tenha inspiração garantida.

ASSINE JÁ

Mais na Caras