Nas Bancas

Princesa Sofia da Suécia vítima de assédio

Mulher de Carl Philip recorda momentos difíceis em evento durante os quais forma abordados os perigos da internet.

CARAS
5 de fevereiro de 2017, 14:13

Quando a sua relação com príncipe Carl Philip da Suécia foi tornada pública, a vida de Sofia Hellqvist mudou por completo. Passou de uma ilustre a possível membro da Casa Real Sueca – o que veio a oficializar-se com o seu casamento – e confessa que nem sempre foi fácil gerir o assédio de que foi alvo. Tanto a princesa como o marido apoiam, através da sua fundação, um projeto que ajuda os pais a perceberem melhor as redes sociais utilizadas pelos filhos, para que estejam alerta para os perigos das mesmas. Durante um programa de rádio para falar sobre o tema, a ex-bailarina confessou: “No início foi uma verdadeira perseguição. Foi difícil de gerir. Sentia-me como se tivesse a ser projetada contra uma parede. Senti na pele a diferença entre o antes [de conhecer o meu marido] e o depois [, quando o namoro foi tornado público]. “Eu não conseguia ignorar os comentários negativos e ficava muito triste. Mas isso ajudou-me a perceber os jovens que sofrem de assédio e bullying nas redes sociais diariamente”, explicou ainda a princesa, que decidiu apagar todas as suas páginas nas redes sociais para não ter de lidar com “tanto ódio”.
Sofia Hellqvist casou-se com Carl Philip da Suécia em 2015. Os dois têm um filho em comum, Alexander, de nove meses.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras