Nas Bancas

Caça ao Pokémon perturba férias da família real sueca

O jogo do momento está a causar distúrbios na residência de verão dos reis Carlos Gustavo e Sílvia da Suécia.

CARAS
22 de julho de 2016, 18:43

Em poucos dias, o jogo Pokémon Go tornou-se viral e até já causou algumas mortes, nomeadamente devido à distração dos seus praticantes. Certo é que se tornou na sensação do momento e que até já afeta a vida da família real da Suécia, que se encontra de férias no palácio de Solliden, na ilha de Öland.
De acordo com o jornal sueco Aftonbladet, são muitos os fãs do jogo que tentam invadir a propriedade, alegando que nela se encontram os Pokémons que é suposto apanhar. Uma situação caricata que acaba por causar distúrbios, especialmente de noite. “Não tinham qualquer explicação válida para estarem ali, mas não tentaram forçar a entrada e são bem-vindos de dia se quiserem voltar”, informou o porta-voz da polícia local, Sven Stensson, à publicação.
No palácio encontram-se os reis Carlos Gustavo e Sílvia, e a herdeira do trono, a princesa Victoria, o marido, Daniel Westling, e os dois filhos de ambos, Estelle, de quatro anos, e Oscar, de quatro meses.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras