Victoria da Suécia surpreende em noite de gala

A herdeira do trono sueco entregou o prémio ao homossexual do ano na Gala Gay, uma cerimónia organizada pela revista QX, que decorre anualmente em Estocolmo.

08 Fevereiro 2013 às 17:52

Jonas Gardell e Victoria da Suécia.jpg
Jonas Gardell e Victoria da Suécia
Getty Images

“Sinto uma grande alegria por estar aqui”, confessou, emocionada, a princesa Victoria da Suécia. Ao som da música Dancing Queen, dos ABBA, o público recebeu a herdeira do trono sueco de pé e com efusivos aplausos quando esta subiu ao palco para homenagear o escritor sueco Jonas Gardell, eleito o homossexual do ano pelos leitores da revista QX.

Deslumbrante num vestido preto, a filha dos reis Carlos Gustavo e Sílvia da Suécia fez um breve discurso, no qual realçou a “força”, a “alegria” e a “comunicação” da comunidade gay do seu país. Este foi um momento histórico, pois é a primeira vez que um membro da família real demonstra explicitamente o seu apoio à comunidade.

Jonas Gardell foi o galardoado da noite, peloo seu livro Never Dry Tears Without Gloves, que deverá ser adaptado a uma série de televisão. Assim, o autor espera levar a sua mensagem além-fronteiras e agradeceu a Victoria pela sua demonstração de carinho.

Palavras-chave do artigo
Carlos Gustavo, gay, homossexual, Jonas Gardell, Sílvia, Victoria Suécia

Relacionados

Comentários
Atenção:
este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

 

ÚLTIMAS

Relacionados

Inquérito

Caso Nóos

Caso Nóos

Acha que a infanta Cristina está envolvida no caso Nóos, em que o marido, Iñaki Urdangarín, é acusado de fraude fiscal, branqueamento de capitais e desvio de fundos públicos?

EM DEBATE
no Momento
Share