Nas Bancas

Chris O'Neill, noivo de Madalena da Suécia, recusa título real

O corretor da bolsa não e não irá ser príncipe nem duque, depois do casamento com a princesa.

18 de maio de 2013, 18:15

Madalena da Suécia e Chris O'Neill informaram em comunicado que o corretor da bolsa escolheu manter a sua cidadania americana depois do casamento com a princesa.
Chris O'Neill recusou a cidadania sueca e não irá ter uma posição de responsabilidade dentro da família real, o que significa que não irá ser príncipe da Suécia nem duque de Gastrikland e Hälsingland.
"O senhor Christopher O'Neill pediu respeitosamente para continuar a ser um cidadão privado e não ter um estatuto real", pode ler-se no comunicado.
O noivo da princesa Madalena tem-se mantido afastado dos eventos reais e declinou mesmo o convite para estar presente na entrega dos Prémios Nobel.
Uma das razões que leva o corretor da bolsa a recusar títulos reais pode ser o facto de a princesa Madalena ser a quarta na linha de sucessão do trono, fazendo com que dificilmente venha a ser rainha e não haja necessidade de Chris O'Neill ter um papel de peso dentro da família real.
A princesa Victoria deverá ser a próxima rainha da Suécia, seguida da filha Estelle, do irmão Carl Philip e só depois a princesa Madalena. Ao contrário de Chris O'Neill, Daniel Westling, marido de Victoria, é príncipe e duque de Västergötland, uma vez que virá um dia a desempenhar o papel de rei consorte da Suécia.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras