Nas Bancas

Carlos Gustavo da Suécia

Carlos Gustavo da Suécia

Reuters

Carlos Gustavo da Suécia nega visitas a casas de alterne

O rei desmentiu ainda os contactos com o proprietário de um clube noturno de Estocolmo para comprar fotografias comprometedoras.

Joana Carreira
1 de junho de 2011, 17:39
Carlos Gustavo
da Suécia falou, em entrevista à agência sueca
TT,
sobre o escândalo sexual em que está envolvido, que tem sido tema dominante na imprensa sueca nos últimos dias. O rei negou as supostas visitas a casas de alterne, bem como alegados contactos com criminosos, com o objetivo de ocultar fotografias suas em situações comprometedoras.
"Não, essas fotos não existem. E, tendo isso em conta, é difícil comentar algo que nunca foi visto, que ninguém viu"
, disse o monarca sobre as informações publicadas recentemente.


O soberano sueco voltou a negar as alegadas instruções dadas ao seu amigo e empresário
Anders Lettstroem
para negociar a compra de umas fotografias comprometedoras que estavam na posse do proprietário de um clube noturno de Estocolmo. No entanto, o empresário confirmou os contactos, mas afirmou ter agido por iniciativa própria, o que levou o rei a
"reconsiderar"
a sua amizade.


O marido da rainha
Sílvia
desmentiu ainda as visitas a casas de alterne de Atlanta, Estados Unidos, durante os Jogos Olímpicos de 1996, e de Bratislava, Eslováquia.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras