Nas Bancas

Victoria da Suécia e Daniel Westling

Victoria da Suécia e Daniel Westling

Atlântico Press

Victoria e Daniel da Suécia: Detalhes do acordo matrimonial

Todos os bens da Coroa ficam protegidos em caso de divórcio.

Joana Carreira
23 de julho de 2010, 18:39

Enquanto Victoria e Daniel da Suécia desfrutam da lua-de-mel no Pacífico, a Casa Real sueca está a tratar de todos os detalhes decorrentes do casamento, como é o caso do contrato pré-nupcial, que já figura no registo de Solna, cidade onde se encontra a residência do casal, o Palácio de Haga.

Mais uma vez manteve-se a tradição da realeza, segundo a qual não existe união sem acordo matrimonial prévio. Estes pactos costumam contemplar a separação total de bens, onde cada um fica com o que tem e o que é ganho depois do enlace, ou seja, palácios e fortunas não se repartem. Também os bens da coroa sueca e os pertences privados da princesa Victoria ficam protegidos em caso de divórcio.

De acordo com o contrato, de acesso público, tudo o que a princesa Victoria e o príncipe Daniel possuem e tudo o que possam possuir através de heranças, presentes ou ingressos privados será propriedade de cada um. Isso supõe que o novo príncipe não tem direito a herdar nada do património do reino ou da família real.

Daniel Westling, que até à data do casamento dirigia os ginásios Master Training e Balance, no centro de Estocolmo, renunciou oficialmente a gerência de ambos, ficando a receber receitas dos mesmos.

*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras