Nas Bancas

Diana de Cadaval

Diana de Cadaval

Victor Freitas

Diana de Cadaval vende bijutaria e cosmética

A duquesa de Cadaval foi uma das voluntárias na Feira de Solidariedade Novo Futuro - Rastrillo, e utilizou todo o seu à-vontade para convencer os clientes a comprarem colares.

Andreia Guerreiro
4 de dezembro de 2010, 11:29

Por nascimento e, mais tarde, por casamento, Diana de Cadaval pertence a duas das mais prestigiadas casas nobres da Europa. Contudo, o seu sentido solidário fá-la ser uma pessoa próxima daqueles que mais precisam, sem olhar a estatutos ou diferenças entre classes sociais. E foi com entusiasmo e total empenho que a princesa d'Orléans se voluntariou para estar na Feira de Solidariedade Novo Futuro - Rastrillo, em Lisboa.

Juntamente com algumas amigas, Diana de Cadaval ficou responsável por uma banca de bijutaria e cosmética. Sempre com grande à-vontade, falou com os clientes, convencendo-os a comprar colares e outros artigos disponíveis no seu 'negócio solidário'.
"O ano passado fiquei com a banca da roupa, este ano é a cosmética. Penso que sou um sucesso no papel de vendedora, as pessoas gostam imenso, compram... Tem corrido muito bem. Dou conselhos às senhoras e elas ficam encantadas. As vendas são mesmo isto, a interação entre o vendedor e os clientes",
explicou a duquesa de Cadaval, acrescentando ainda:
"Tenho facilidade em comunicar, estou muito descontraída e tenho à vontade. Consigo chegar a todas as pessoas, mesmo quando não as conheço."
O que pudemos verificar.


*Este texto foi escrito nos termos do novo acordo ortográfico.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras