Nas Bancas

1.jpg

picture alliance

Mette-Marit da Noruega encontrou-se várias vezes com Jeffrey Epstein após condenação por abuso sexual

Depois do príncipe André, outro membro da realeza parece ter-se associado ao milionário norte-americano.

CARAS
3 de dezembro de 2019, 11:15

O escândalo envolvendo Jeffrey Epstein já causou grande impacto na família real britânica. Depois de ter concedido uma entrevista televisiva, durante a qual falou sobre a amizade que mantinha com o polémico milionário, entretanto falecido, e cercado de críticas, o príncipe André acabou por retirar-se da vida pública. E agora, parece que outro membro da realeza, desta vez da Noruega, está envolvido com o milionário que foi condenado por abuso sexual de menores.

O jornal norueguês "VG" publicou que Mette-Marit teria tido reuniões privadas com Jeffrey Epstein entre 2011 e 2013. Os encontros teriam acontecido depois do milionário ter cumprido pena na prisão nos Estados Unidos da América por ter mantido relações sexuais com uma rapariga menor de idade. Mette-Marit e Jeffrey Epstein ter-se-iam conhecido através de amigos em comum e as reuniões teriam acontecido em Oslo e nos Estados Unidos.

Depois das acusações, a mulher do príncipe Haakon divulgou um comunicado para se defender. "Nunca teria tido nada a ver com Epstein se estivesse consciente da gravidade dos seus atos criminais. Deveria ter investigado o passado de Epstein e lamento não o ter feito", escreveu a princesa.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras