Nas Bancas

Após irregularidades financeiras, Haakon da Noruega divulga valor do seu património

O príncipe tem bens avaliados em nove milhões de coroas norueguesas (mais de um milhão de euros).

CARAS
28 de outubro de 2016, 17:00

Haakon da Noruega decidiu divulgar o valor dos seus bens depois de terem sido investigadas e descobertas irregularidades financeiras, que o herdeiro do trono assumiu e já pediu desculpas. Num comunicado enviado por Marianne Hagen, assessora de imprensa da Casa Real da Noruega, o príncipe tem um património avaliado em nove milhões de coroas norueguesas (mais de um milhão de euros), investidos em fundos no país e no estrangeiro e três propriedades privadas em Skaugum, Flatholmen y Hardangervidda.
De acordo com o jornal Dagbladet, que tornou pública a história do aluguer ilegal de cinco casas, a quinta de Skaugum é a mais valiosa. Trata-se da residência oficial dos príncipes Haakon e Mette-Marit, que lhes foi cedida pelo rei Harald quando casaram, em 2001. Investigadores imobiliários revelam que Skaugum poderá estar estimada entre 150 e 200 milhões de dólares (163 a 218 milhões de euros). “É difícil encontrar uma propriedade tão exclusiva. É única”, disse Carl Fredrik Solli, director da agência Privatmegleren, à publicação. Já a casa de campo de Flatholmen foi comprada em 2008 por mais um milhão de euros, e as quintas de Nore e Uvdal, adquiridas por 200 mil euros cada uma, em 2007.
Esta não é a primeira vez que a família real da Noruega revela o valor do seu património. Em 2010, depois dos rumores sobre a sua fortuna, o rei Harald emitiu um comunicado no qual explicou que tinha bens que ascendiam a 11 milhões de euros.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras