Nas Bancas

Charlotte Casiraghi estreia-se como escritora

A filha da princesa Carolina do Mónaco dedicou o seu primeiro livro ao pai, que morreu em 1990

CARAS
6 de março de 2018, 12:06

Em conjunto com o seu antigo professor de filosofia do Instituto Francês Couperin de Fontainebleau, Robert Maggiori, Charlotte Casiraghi, filha de Carolina do Mónaco, lançou o livro Archipiélago de pasiones (Arquipélago de Paixões).

Fruto das conversas com Maggiori, a primeira obra de Charlotte fala sobre amor, crueldade, admiração e outras temáticas filosóficas e é dedicada a Stefano Casiraghi, o segundo marido da princesa do Mónaco, que morreu em 1990 num acidente de barco quando Charlotte tinha apenas quatro anos de idade.

No prefácio, os autores escrevem sobre como a sua relação continuou "além do ambiente escolar" e foi enriquecido por infinitos debates. Charlotte formou-se em Filosofia pela Universidade de Sorbonne, en França, e com a ajuda do professor fundou em 2015 as "reuniões filosóficas de Mónaco".

O livro já está à venda e custa cerca de 20 euros

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras