Nas Bancas

Pierre Casiraghi e Beatrice Borromeo

Pierre Casiraghi e Beatrice Borromeo

D.R.

Pierre Casiraghi e Beatrice Borromeo: Pormenores do casamento religioso

A cerimónia terá lugar no próximo sábado, 1 de agosto, na terra natal da noiva, em Itália.

CARAS
29 de julho de 2015, 17:58

Pierre Casiraghi e Beatrice Borromeo casaram-se pelo civil no passado sábado, 25 de julho, no palácio do Mónaco, mas os festejos ainda não terminaram por aqui. Este sábado, 1 de agosto, o filho de Carolina do Mónaco e a aristocrata voltam a reunir familiares e amigos para a cerimónia civil, desta vez na terra natal da noiva, Itália.
De acordo com uma publicação local, o enlace decorrerá em Isolino di San Giovanni, uma das ilhas privadas do arquipélago Borromeo - propriedade da família da noiva, em pleno Lago Maggiore -, que é coberta por grande vegetação e inacessível ao público.
Tal como aconteceu no casamento civil, espera-se a presença de todos os membros da família real monegasca: os príncipes Alberto e Charlene, Andrea e Charlotte Casiraghi e respetivos companheiros, Tatiana Santo Domingo e Gad Elmaleh, a princesa Carolina e a filha mais nova, Alexandra de Hannover, e Stéphanie com os filhos, Louis e Pauline Ducruet e Camille Gottlieb.
Do lado da noiva, estarão presentes os pais, Carlo Ferdinando Borromeo e Paola Marzotto, a avó, Marta Marzotto, e os irmãos, Carlo, Isabella, Lavinia e Matilde Borromeo.
O vestido que Beatrice usará no grande dia é um dos segredos mais bem guardados e também o que está a criar expectativa aos mais curiosos. Para a cerimónia civil, a jornalista elegeu duas criações de Valentino, por isso não seria uma surpresa se voltasse a escolher o designer italiano para esta ocasião. Aliás, a ligação da jovem, de 27 anos, à casa italiana é especial, uma vez que o seu tio, Matteo Marzotto, foi presidente e diretor da marca, enquanto esta pertenceu ao Grupo Marzotto.
Após a cerimónia, os noivos receberão os convidados no castelo Rocca d'Angera. O monumento, conhecido como castelo Borromeo, está situado na margem sul do Lago Maggiore e conta com cinco salas históricas e duas torres. A fortaleza onde este se encontra foi temporariamente encerrada ao público, entre 30 de julho e 3 de agosto, para poder receber todas estas celebrações.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras