Nas Bancas

Papel de avó encanta e rejuvenesce Carolina do Mónaco

Carolina, Stéphanie e os filhos de ambas reuniram-se aos monegascos para aclamar o príncipe Alberto nos dez anos de reinado. Com um sorriso feliz que não exibia há muito tempo, Carolina não largou o neto Sasha.

CARAS
24 de julho de 2015, 15:00

Carolina do Mónaco nasceu em berço de ouro e tudo faria supor que a sua vida iria ser perfeita, mas o destino foi várias vezes traiçoeiro para a bonita e elegante princesa, cuja vida amorosa ficou marcada por desaires como as traições do primeiro marido, o playboy Philippe Junot, a morte trágica, em 1990, do segundo marido, Stefano Casiraghi, pai dos seus filhos mais velhos e, inegavelmente, a sua grande paixão, ou o feitio irascível do terceiro marido e pai da sua filha mais nova, o príncipe Ernst de Hannover, de quem se separou em 2009, após dez anos de casamento.
Neste autêntico mar de lágrimas, que a envelheceu precocemente, valeu-lhe a sua vocação para a maternidade, que lhe permitiu criar com os filhos, Andrea, Charlotte e Pierre Casiraghi e Alexandra de Hannover, uma relação próxima e gratificante. Junto deles, Carolina sempre se mostrou mais descontraí­da, sorridente e feliz. Um amor que agora, aos 58 anos, estende aos netos, Sasha, de dois anos, Raphaël, de ano e meio, e India, de três meses. Assim ficou provado nas comemorações dos dez anos da subida ao trono do príncipe Alberto, em que a encantada – e rejuvenescida – avó Carolina apareceu com Sasha ao colo, enchendo-o de mimos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras