Nas Bancas

Casamento de Alberto e Charlene: A noiva

A princesa Charlene usou um vestido desenhado pelo estilista italiano Giorgio Armani, tal como já tinha sido anunciado há alguns meses.

Andreia Guerreiro
2 de julho de 2011, 18:37

FOTOS:
Getty Images / Reuters

O vestido de noiva é, por norma, o segredo mais bem guardado de qualquer casamento. No caso de Charlene Wittstock, a tradição foi um pouco quebrada quando o estilista italiano Giorgio Armani anunciou, em janeiro, que a ex-nadadora sul-africana usaria uma criação sua no dia do casamento com Alberto do Mónaco. Mas apesar de já ter sido desvendado um pouco do segredo, Charlene Wittstock não deixou de surpreender e encantar todos os presentes.

Aquela que se tornou ontem, 1 de julho, a nova princesa do Mónaco, foi conduzida ao altar pelo pai, Michael Wittstock, e apareceu radiante no Pátio de Honra do palácio num modelo da casa Giorgio Armani Privé.

Detalhes do vestido


A noiva usou um vestido comprido de seda, em tons de marfim, com discretos bordados em forma de flores, 40 mil cristais Swarovski e madrepérolas brancas e douradas incrustadas. Duas longas caudas e o véu de tule de seda completaram o vestido de noiva. De referir que, de acordo com a imprensa francesa, para a conceção de todos estes elementos foram necessárias mais de 2 500 horas de trabalho.

O penteado

Charlene Wittstock optou por usar o cabelo apanhado, como habitualmente faz em atos oficiais, e complementou o penteado com uma joia de diamantes, que lhe foi emprestada pela princesa Stéphanie.

O noivo


O noivo também foi de branco, uma vez que, tal como manda a tradição, usou a farda branca de verão dos Carabineiros.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras