Nas Bancas

Fotos de Ernst aos beijos a desconhecida poderão custar-lhe metade da fortuna

A revista alemã 'Bunte' mostrou as fotos de Ernst com uma desconhecida, na Tailândia. Carolina poderá exigir metade dos bens do marido e uma choruda pensão de alimentos para a filha de ambos, Alexandra.

Melissa Tavanez
20 de janeiro de 2010, 10:30

Depois de terem corrido o mundo as fotos da sua escapadela de fim-de-ano na Tailândia, na companhia de uma desconhecida com a qual não se coibiu de trocar beijos e abraços fogosos na praia, Ernst de Hannover arrisca-se a protagonizar um dos divórcios mais caros da história. Afinal, apesar de já não ser visto ao lado da mulher, Carolina do Mónaco, desde o início do Verão, o príncipe alemão ainda é casado, e, como tal, estas fotos são quanto baste para o acusar de infidelidade. Ou seja, caso a princesa monegasca - que, segundo alguns amigos, já terá contactado os seus advogados - queira vingar-se da humilhação que foi ver a traição do marido ser exibida publicamente na imprensa de todo o mundo, nada melhor do que exigir a parte a que tem direito segundo a lei alemã: metade do património de Ernst. Além de uma choruda pensão de alimentos para a filha de ambos, Alexandra, de dez anos. E tendo em conta que o príncipe de Hannover tem bens estimados em 5,5 biliões de euros, não será difícil um juiz fazer a vontade a Carolina...

Carolina do Mónaco
Carolina do Mónaco
Getty

Recorde-se que os primeiros rumores sobre a separação surgiram em Setembro, depois da princesa ter passado as férias de Verão só com os filhos, entre o seu iate e a casa que possui no Sul de França, e, depois, no início do ano lectivo, ter-se instalado no Mónaco, inscrevendo Alexandra numa escola do principado, enquanto Ernst continuava a viver na casa de família, nos arredores de Paris. E nem o facto do Palácio Grimaldi ter emitido um desmentido a 17 de Setembro abafou esses rumores, que se adensaram à medida que os meses foram passando e os dois nunca mais foram vistos juntos. Em simultâneo, eram citadas fontes próximas de Ernst que atribuíam a separação ao facto do príncipe ter um caso extraconjugal.

A princesa Carolina com a filha mais nova, Alexandra
A princesa Carolina com a filha mais nova, Alexandra
Getty

Nada de extraordinário, na verdade, pois foi exactamente assim que começou o romance de Ernst com Carolina do Mónaco. Os dois conheciam-se desde sempre e teriam mesmo tido um namoro de adolescentes incentivado pela princesa Grace, mas eram apenas amigos quando o segundo marido de Carolina, Stefano Casiraghi, morreu, em 1990. Ernst, que era então casado com Chantal Hochuli, também amiga de Carolina, foi o grande apoio da princesa monegasca durante o período de luto. A amizade acabou por dar lugar ao amor, e Ernst ainda não se tinha divorciado da primeira mulher quando foi fotografado com Carolina durante umas férias na... Tailândia! E este poderá ser o argumento que Ernst usará para se defender: Carolina está apenas a provar o mesmo que deu a experimentar a Chantal Hochuli.

Uma autêntica novela que ainda vai nos primeiros episódios e que nos próximos meses dará certamente que falar. Como sempre deram as aventuras e desventuras amorosas dos Grimaldi, que têm sido pródigos em romances com finais infelizes. Recorde-se que o primeiro casamento de Carolina, com Philippe Junot, também terminou porque este a traiu, e que Stéphanie passou por uma humilhação ainda pior do que a que a irmã está a viver quando Daniel Ducruet foi apanhado em cenas tórridas numa piscina com uma stripper...

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras