Nas Bancas

Rânia da Jordânia

Rânia da Jordânia

Getty Images

Rânia da Jordânia considera Estado Islâmico um "bando de malucos"

A revelação da rainha foi feita durante uma entrevista na passada quarta-feira. 

Lusa
7 de março de 2015, 10:51

A rainha jordana, Rania, classificou na quarta-feira o Daesh (acrónimo árabe para a organização auto designada Estado Islâmico) como um "bando de malucos" que está a manchar o nome do Islão.
A esposa do rei Abdullah II apelou à comunidade internacional para que não se foque nas reivindicações religiosas do grupo e sugeriu que o auto designado Estado Islâmico (EI) deveria deixar cair o "I" do seu nome, "porque não tem nada de islâmico".
Durante uma entrevista com Arianna Huffington, que dá o nome a um sítio de informação na internet, Raina afirmou: "Esta luta é uma luta entre o mundo civilizado e um bando de malucos que nos quer fazer regressar aos tempos medievais".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras