Nas Bancas

Rania e Abdullah II da Jordânia

Rania e Abdullah II da Jordânia

Getty Images

Rei Abdullah II revela como conquistou Rania

O soberano da Jordânia conta que cozinhou para seduzir a mulher.

Redação CARAS
17 de maio de 2012, 15:26

Na autobiografia intitulada A Nossa Última Esperança, o rei Abdullah II da Jordânia fala do conflito entre a Palestina e Israel, das ambições nucleares do Irão, da história da Jordânia nos  últimos 40 anos... e de como conheceu Rania, a sua mulher, durante um jantar de amigos, em 1992.
No livro o soberano revela que ficou impressionado com a mulher assim que a viu: "Quando a vi pensei. 'Caramba!'"Abdullah II contou com a ajuda de um amigo que convidou Rania para um jantar com o rei. Esta recusou o convite, mas Abdullah não desistiu: "Mandei o meu amigo de volta com uma caixa de chocolates belgas e mais tarde decidi surpreendê-la e cozinhei para ela".
O menu japônes preparado pelo rei parece ter resultado pois, meses depois, pedia a mão de Rania em casamento: "Eu tinha sonhado com um pedido muito mais romântico, mas quando estávamos a falar fora do carro disse-lhe que a nossa relação se estava a tornar cada vez mais séria e que achava que nos devíamos casar. A Rania olhou para mim, sorriu e não disse nada". Mas como diz o ditado, Quem cala consente, e Abdullah tomou o silêncio de Rania como um 'sim'.
Recorde-se que Abdulah II e Rania estão juntos há 19 anos e têm quatro filhos:  Hussein, de 17 anos, Iman, de 15, Salma, de 11, e Hashem, de sete.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras