Nas Bancas

GettyImages-1186806384.jpg

Max Mumby/Indigo

Porque é que Meghan ainda não tem cidadania britânica?

Saiba os requisitos que a duquesa de Sussex terá que preencher para poder ser uma cidadã britânica de plenos direitos.

CARAS
18 de novembro de 2019, 15:55

Apesar de fazer parte da família real, isso não confere a Meghan qualquer regalia perante a lei. Por esse motivo a duquesa de Sussex ainda não conseguiu adquirir cidadania britânica.

Meghan deu início ao processo para se tornar cidadã britânica de pleno direito há cerca de dois anos, na altura em que o seu noivado com Harry foi anunciado, em novembro de 2017. Nessa altura, o palácio de Kensington assegurou que o caso da duquesa seria tratado como o de qualquer outra pessoa e que teria que cumprir todos os requisitos estipulados pelo Governo em matéria de imigração.

De acordo com o Daily Mail, ainda que haja várias opções para conseguir a cidadania inglesa, parece que Meghan optou por pedi-la como cônjuge de um cidadão britânico. Neste caso, a lei prevê que seja necessário que passem três anos desde o casamento. Meghan e Harry casaram-se em maio de 2018, pelo que só em 2021 é que a duquesa poderá adquirir a nacionalidade britânica. "Pode parecer estranho dado que está casada com o neto da rainha há 18 meses, mas aceita o procedimento tal e qual como ele é", garantiu fonte próxima de Meghan ao mesmo jornal.

Ao cumprir o mesmo procedimento que os restantes imigrantes, Meghan pode ter que apresentar uma série de provas para demonstrar que a relação é mesmo real, como e-mails, conversas telefónicas, fotografias de férias em conjunto ou bilhetes de avião.

Depois de viver no Reino Unido durante três anos, o cônjuge pode solicitar a cidadania sempre que tenha uma permissão de residência permanente. Depois terá que submeter-se a um teste, cujas taxas têm um custo de cerca de 60 euros. Além disso tem ainda que demonstrar os seus conhecimentos de inglês e evidenciar ter um bom caráter.

Por fim, a duquesa não poderá também passar mais de 270 dias fora do Reino Unido durante os três anos anteriores à concessão da nacionalidade. No entanto, o Ministério do Interior permite que possa haver isenção deste requisito se o cônjuge de nacionalidade britânica trabalhar fora do Reino Unido, no caso de trabalhar para o Governo ou para uma organização que trabalhe diretamente com o Executivo, uma isenção de que Meghan poderá gozar.

No total, para que alguém se possa tornar num cidadão britânico de pleno direito, terá que suportar um custo superior a 1500 euros.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras