Nas Bancas

Meghan acusa tablóide de publicar histórias "completamente falsas"

Há novos detalhes sobre a ação legal que a duquesa moveu contra os média.

CARAS
16 de novembro de 2019, 11:26

Meghan acusa o jornal "Mail on Sunday" e a sua empresa mãe, a Associated Newspapers, de iniciarem uma campanha de histórias "falsas" para denegrir o seu caráter. Isto de acordo com novos detalhes da sua ação legal contra o grupo de comunicação social.

De acordo com o site Byline, citado pela BBC, os documentos judiciais enumeram uma série de artigos "falsos" sobre a mulher do príncipe Harry. Os seus advogados alegam que o "Mail on Sunday" removeu trechos de uma carta privada e endereçada ao seu pai, Thomas Markle, para a retratar "de forma negativa".

Os papéis dizem ainda que Markle foi explorado pelos jornalistas e que os repórteres inventaram uma série de narrativas sobre a relação da ex-atriz com a sua mãe, Doria Ragland.

A equipa legal da duquesa também acusa o grupo de média de publicar histórias "completamente falsas" sobre as remodelações feitas no novo lar dos Sussex, Frogmore Cottage, nomeadamente que uma banheira em cobre, avaliada em quase seis mil euros, e que trabalhos de insonorização, na ordem dos 584 mil euros, foram pagos pelos contribuintes britânicos.

A publicação, por sua vez, reafirma a sua intenção de se defender "vigorosamente". "Não há nada neste documento que mude essa posição," disse um porta-voz, citado pela BBC.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras