Nas Bancas

Sem Meghan nem Archie, Harry parte em viagem com significado muito especial

Falta apenas uma semana.

CARAS
16 de setembro de 2019, 10:38

A contagem decrescente já começou: falta apenas uma semana para que os duques de Sussex dêem início à primeira viagem oficial com o pequeno Archie, de apenas quatro meses. A partir do dia 23 de setembro e durante 15 dias Harry e Meghan vão passar por vários países africanos, uma deslocação que terá um significado muito especial para o príncipe, que herdou da mãe, a princesa Diana, a paixão por abraçar causas neste continente.

Por esse motivo, durante todo o itinerário, especialmente em Angola, as recordações da princesa de Gales estarão bem presentes, uma vez que Harry irá percorrer, naquele país, o mesmo caminho que a sua mãe percorreu há mais de duas décadas e cujas imagens se tornaram mundialmente reconhecidas. Cabe recordar que apenas alguns meses antes da sua morte, Diana esteve no campo de minas em Angola - um local hoje totalmente desativado e onde foram construídas escolas e outras infraestruturas.

Na viagem a este país, que Harry fará sem Meghan nem Archie, o príncipe deverá também encontrar-se com uma pessoa que marcou a vida da sua mãe. Trata-se de Sandra Tigica, uma rapariga que perdeu uma perna na explosão de uma mina. A imagem de Diana com a menina, então com 16 anos, tornou-se incónica. Agora, o príncipe terá hipótese de falar com Sandra, que atualmente tem 38 anos e é já mãe de cinco filhos. Uma das cinco crianças foi batizada com o nome de Diana, em homenagem à princesa.

De recordar que nesta viagem, Harry, Meghan e Archie passarão por diversos países como a África do Sul, o Botswana e o Malawi.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras