Nas Bancas

GettyImages-1155976999.jpg

WPA Pool

Primo de Camilla, duquesa da Cornualha, acusado de fraude

Já não é a primeira vez que Dru Edmonstone se vê envolvido numa polémica devido a este tipo de crime.

CARAS
16 de setembro de 2019, 13:05

Dru Edmonstone tem 47 anos, é primo de Camilla, mulher do príncipe Carlos, proprietário do hotel West Highland Way, em Glasgow, e um homem que já esteve várias vezes envolvido em polémicas, algo que não agradará à família real britânica.

Agora, Edmonstone encontra-se a ser investigado pelo portal de viagens TripAdvisor por suspeita de manipulação nos comentários relacionados com o hotel que administra. "A TripAdvisor tem motivos para investigar as pessoas ou entidades associadas ou que tenham interesse nesta propriedade que possam ter tentado interferir com as opiniões dos viajantes e/ou com o índice de popularidade desta propriedade", escreveram os responsáveis pela plataforma como advertência.

Por fim, avisam ainda os usuários da plataforma que tenham estes dados em conta caso decidam hospedar-se no hotel do primo de Camilla. "Tenha isto em conta quando delinear os seus planos de viagem", pode ler-se. O hotel contava com numerosos comentários negativos. No entanto, no mês passado, e de forma suspeita para os responsáveis da plataforma, começaram a surgir diversas críticas positivas ao local, o que motivou a advertência.

De recordar que esta não é a primeira vez que Dru Edmonstone se vê envolvido em polémicas por fraude. Em fevereiro de 2018 foi condenado a 21 meses de prisão depois de enganar o Conselho de Stirling e o Royal Burgh de Kensington e Chelsea em milhares de dólares. Dru alegou falsos benefícios sob o nome de Tyler Durden, o mesmo que o ator Brad Pitt usou no filme 'Fight Club'.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras