Nas Bancas

Como a princesa Diana mudou a educação na família real britânica

Veja as imagens!

CARAS
6 de setembro de 2019, 12:59

A princesa Charlotte, de quatro anos, começou esta quinta-feira a estudar na escola Thomas's Battersea, a mesma que o seu irmão mais velho, George, já frequenta desde 2017. As duas crianças chegaram à escola de mãos dadas com os pais, os duques de Cambridge, e todos se mostravam felizes e sorridentes.

No entanto, estudar num estabelecimento de ensino em tão tenra idade é algo relativamente novo na monarquia britânica e em grande parte se deve à princesa Diana, que quis que os filhos, William e Harry, estudassem numa escola desde cedo.

Assim, William é o primeiro futuro rei de Inglaterra a ter sido sempre educado na escola, tendo começado no jardim de infância de Mrs Mynors' em Notting Hill, em 1985. Posteriormente estudou na escola preparatória Wetherby, depois na Ludgrove School, em Wokingham e, mais tarde, no Eton College, em 1995.

Bem diferente foi a infância da avó, a rainha Isabel II e do seu pai, o príncipe Carlos. A monarca, assim como a sua irmã, Margarida, foram educadas no palácio de Buckingham por Marion Crawford, tal como por outros tutores, como era tradição. Quando o seu pai, George VI se tornou rei, em 1936, a então princesa Isabel passou a receber também instrução particular em História constitucional, como parte da sua preparação para ser rainha.

Tal como aconteceu consigo, Isabel II escolheu uma governanta para educar o filho. Entre os cinco e os oito anos, Carlos foi ensinado por Catherine Peebles no palácio de Buckingham, tendo depois estudado em Hill House. Mais tarde, seguiu o percurso académico do pai, o principe Philip, e estudou primeiro na Cheam Preparatory School, em Berkshire, e mais tarde em Gordonstoun, na Escócia.

Veja o momento em que os duques de Cambridge e os filhos mais velhos chegaram à escola Thomas's Battersea esta quinta-feira, dia 5 de setembro.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras