Nas Bancas

O "trauma emocional devastador" que afastou Harry dos colegas de escola

O príncipe passou por uma fase conturbada no início da adolescência.

CARAS
6 de julho de 2019, 15:05

Harry passou por uma fase conturbada na sequência do grande sofrimento pelo qual passou após a morte da mãe, Diana, sendo que uma especialista em realeza descreveu a sua dor como "devastadora".

Na biografia Harry: Conversations with the Prince, a autora Angela Levin alega que a tragédia causou "trauma emocional" que dificultou a vida do pré-adolescente na escola.

"Harry tinha ansiedade em relação a como lidar com as exigências académicas e a vida, no geral, em Eton [College]," explica, acrescentando que o "trauma emocional devastador" de perder um dos pais, por vezes, distancia uma criança dos amigos. "Além disso, estar por um fio numa escola académica de topo dificilmente aumentou a confiança de Harry."

A revelação chega depois de a autora ter explicado o motivo pelo qual, inicialmente, o príncipe quis manter o seu relacionamento com Meghan longe do olhar do público. "Harry estava decidido a manter a descrição porque não queria que a publicidade a assusta-se antes de eles serem um casal estável."

De recordar que Katie Nicholl, outra autora especialista em assuntos relacionados com a realeza britânica, já havia entrado em detalhes sobre como o desaparecimento trágico de Lady Di impactou a vida social dos seus dois filhos. Por exemplo, William terá ficado extremamente acanhado e triste na escola e, enquanto estudava em Eton College, era conhecido por andar sempre cabisbaixo e evitar chamar a atenção. Numa tentativa de superar o trauma, ter-se-á dedicado aos estudos e trabalhos escolares.

"Essa perda foi quase insuportável para os príncipes William e Harry, e quando William regressou à escola, ele mergulhou nos estudos como uma distração," escreveu.

De recordar que a princesa do povo morreu em agosto de 1997, num acidente de viação em Paris, quando William tinha 15 anos e Harry, 12.

Vídeo relacionado: Diana, a princesa que encantava as pessoas

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras