Nas Bancas

GettyImages-186782872.jpg

Anwar Hussein

As últimas palavras trocadas entre William e a princesa Diana

O rapaz tinha apenas 15 anos quando a mãe morreu.

CARAS
25 de maio de 2019, 11:08

Em agosto de 1997, William, com 15 anos, e Harry, com 12, encontravam-se de férias com o pai, em Balmoral. No dia em que a mãe dos rapazes, Diana, que deveria regressar ao Reino Unido muito em breve, morreu, estes tinham falado com ela.

O biógrafo Andrew Morton descreveu a última conversa do duque de Cambridge com a mãe, revelando que este se encontrava preocupado com o irmão, no livro de 2011, William and Catherine. "Enquanto Diana relaxava num iate sob o sol mediterrânico, William estava preocupado com um decreto do palácio de Buckingham que ditava que este teria de ir a uma sessão fotográfica a propósito do seu terceiro ano em Eton", escreveu.

O problema era que, como o irmão, Harry, tinha reprovado um ano em Ludgrove, William preocupava-se com o facto de a imprensa se vir a focar no insucesso escolar deste, em vez de no seu próprio progresso académico. "A Diana prometeu discutir o assunto com o pai dos rapazes no dia seguinte, quando chegasse de Paris. Mas nunca regressou", finaliza.

Recorde-se que, desde a morte da princesa, na sequência de um violento acidente de carro, em Paris, a 31 de agosto de 1997, os dois irmãos mostram-se bastante ativos no que toca à discussão da saúde mental e usam o seu próprio exemplo de dor sempre que tal possa ajudar alguém.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras