Nas Bancas

Quem vão ser os padrinhos do 'baby Sussex'?

Ainda não se sabe quem vão ser os padrinhos do filho do príncipe Harry e Meghan Markle, mas há já vários nomes avançados pela imprensa internacional.

Caras
8 de maio de 2019, 09:08

Os duques de Sussex foram esta segunda-feira pais pela primeira vez e há uma questão que se impõe: quem serão os padrinhos do 'baby Sussex'?

O mais recente bisneto da rainha Isabel II poderá vir ter entre cinco e sete padrinhos, se seguir o mesmo padrão que os seus primos, os filhos do príncipe William e Kate. George, o filho mais velho dos duques de Cambridge e terceiro na linha de sucessão ao trono, tem sete padrinhos, mais dois que a irmã Charlotte, que tem apenas cinco. Já Louis, o mais novo dos três irmãos, tem seis padrinhos.

É possível que só se descubra quem vai apadrinhar o mais recente membro da Família Real no dia do batismo, mas muitos têm sido os nomes avançados pela imprensa.

Afastada a possibilidade de William e Kate serem padrinhos, dado que já são tios do bebé e, por isso, já têm um papel de proximidade na vida deste, os primeiros nomes que surgem são os de George Clooney e da sua mulher, Amal. O ator e a advogada marcaram presença no casamento dos duques de Sussex e são amigos próximos do casal.

Outro nome avançado é o de Jessica Mulroney, a melhor amiga (e estilista não oficial) de Meghan, que divide o seu tempo entre Toronto e Nova Iorque, onde trabalha no 'Good Morning America' como conselheira de moda. A proximidade entre as duas é tal que a filha de Jessica Mulroney, Ivy, levou as flores no casamento real.

Outro nome avançado é o da estilista Misha Nonoo, que apesar de viver em Nova Iorque, mantém uma relação muito próxima com a duquesa. Foi ela que criou a t-shirt que Meghan utilizou na primeira aparição com o príncipe Harry nos Invictus Games, em setembro de 2017.

Ainda continuando a analisar as possíveis madrinhas, Lindsay Roth foi colega de Meghan na universidade de Nothwestern, no Illinois, e é outro dos nomes apontados. Atualmente é produtora de TV e escolheu Meghan para dama de honor no seu casamento, em 2016.

A tenista Serena Williams é também uma das possíveis madrinhas do filho de Meghan e Harry, uma vez que a atleta e a duquesa se tornaram grandes amigas desde que se conheceram no Super Bowl em Miami, em 2010. A tenista esteve presente no casamento dos duques de Sussex.

Violet von Westnholz é filha do antigo esquiador olímpico Baron Piers von Westenholz, um dos melhores amigos do príncipe Carlos. Por esse motivo, Violet é amiga de infância de Harry. Mais tarde, conheceu Meghan enquanto trabalhava como diretora de relações públicas da Ralph Lauren.

Heather Dorak é uma grande amiga de Meghan e a relação entre as duas nasceu na altura em que a ex-atriz praticava Pilates em Los Angeles. Por esse motivo, Heather é também uma das possíveis madrinhas do filho de Meghan e Harry.

Mas como nem só madrinhas terá o bebé real, há também uma lista de possíveis padrinhos.

Mark Dyer foi um mentor para o príncipe Harry durante o seu crescimento Tornou-se numa figura muito presente na vida dos dois filhos dos príncipes de Gales em meados dos anos noventa, quando trabalhou como escudeiro para o príncipe Carlos e é também um dos nomes que consta na lista dos possíveis padrinhos.

Jake Warren era afilhado da princesa Diana e, por sua vez, a sua filha, Zalie, é afilhada do príncipe Harry. Por isso, ele é também um dos possíveis padrinhos do bebé real. Jack e a mulher Zoe estiveram presentes no casamento real.

Outro nome sugerido é o do Major Nicholas van Cutsem, amigo de infância de Harry e William. A sua filha, Florence, é também afilhada do duque de Sussex.

Tom Inskip e a irmã, Victoria, conheceram os príncipes William e Harry quando todos eram ainda crianças. Mais tarde, Tom ficou conhecido por estar sempre ao lado de Harry, mesmo nos momentos mais constrangedores, como o episódio protagonizado pelo duque de Sussex em 2012, quando, numa viagem a Las Vegas, foi fotografado nu enquanto participava num jogo. Inskip poderá também ser padrinho do filho de Meghan e Harry.

De regresso às madrinhas, Tiggy Pettifer é um dos nomes que consta na lista, uma vez que teve um papel de destaque na vida de Harry e William: foi ama dos dois irmãos durante longos anos e criou com eles uma relação de grande proximidade.

Possíveis padrinhos não faltam ao mais recente membro da Família Real, que nasceu esta segunda-feira, dia seis de maio.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras