Nas Bancas

Irrepreensível, Kate mostra sinais de respeito perante a rainha no primeiro evento a solo de ambas

A duquesa seguiu as normas reais à risca.

CARAS
20 de março de 2019, 17:14

Fiel ao seu elegante estilo, Kate apresentou-se, no passado dia 19 de março, para o primeiro evento oficial junto a Isabel II - uma visita ao ao King's College, para a inauguração da Bush House -, com um vestido cinzento Catherine Walker, um cinto, um chapéu, uma mala escura Mulberry e sapatos Gianvito Rossi. A mulher de William acompanhou o estilo clássico de um igualmente tradicional cumprimento das normas reais, com vários sinais de respeito perante a rainha.

A começar pelos acessórios, o pouco usual chapéu - que, desta vez, foi o mesmo que usou também junto à avó do marido em Leicester, em 2012 - poderá indicar, por si só, a seriedade com que Kate encarou o momento. "Um vestido formal de dia requer sempre um chapéu e raramente a rainha é vista em público, durante o dia, sem um. A Catherine saberia, sem dúvida, que seria necessário um chapéu, caso quisesse seguir os manuais reais", afirma o especialista em etiqueta William Hanson.

Além do chapéu, as collants opacas pretas poderão também ter indicado que Kate preferiu mostrar o seu lado mais conservador, como uma espécie de deferência pelo facto de acompanhar a rainha. Além disso, o próprio vestido pareceu ter a monarca em consideração. "É interessante ver que a duquesa de Cambridge elegeu um vestido midi cinzento suave, que, por vezes, se confundia com o próprio ambiente, permitindo que a rainha se destacasse e fosse o foco principal", acrescenta o especialista, que se diz feliz por ver que a duquesa optou por jogar pelo seguro.

No que toca à saída do carro, Kate seguiu igualmente as regras e, apesar de estar sentada do lado da porta, permitiu que a rainha abandonasse a viatura em primeiro lugar. "É uma prática standard que Isabel II saia do carro primeiro, embora o protocolo mais rigoroso dite que a pessoa mais importante deve chegar em último lugar. Mas aqui, com apenas uma diferença de dois segundos, não há uma quebra de protocolo de se notar. Tenho a certeza que ambas decidiram anteriormente como as coisas iriam correr", revela Hanson.

Ao chegar ao local, a duquesa mostrou-se feliz por seguir o exemplo da monarca, ao partilhar com esta uma manta azul sob o colo, algo que Isabel II está habituada a fazer. Algum tempo depois, jádurante a visita ao The Foundling Museum, Kate decidiu retirar o chapéu.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras