Nas Bancas

Meghan leva casa real britânica a tomar medidas drásticas nas redes sociais

A duquesa de Sussex tem sido vítima de comentários racistas e sexistas

CARAS
9 de março de 2019, 10:23

A família real britânica acaba de comunicar que as regras nas redes sociais oficiais do Palácio de Kensington vão ficar mais apertadas. A partir de agora todos os comentários “difamatórios, obscenos, ofensivos, ameaçadores ou abusivos” serão apagados e todos os utilizadores que não sigam as normas poderão ver o acesso acesso ser bloqueado. Em última análise os assessores da família real não excluem a hipótese de levar algumas pessoas à justiça. ”Também reservamos o direito de enviar quaisquer comentários que julgarmos apropriados às autoridades para investigação, conforme acharmos necessário ou exigido por lei”.

No centro das medidas agora anunciadas está Meghan que tem sofrido ataques racistas e sexistas desde que assumiu a relação com o príncipe Harry e que se têm agravado desde que subiram ao altar. De acordo com a CNN só entre janeiro e fevereiro foram mais de cinco mil os tweets que apontavam o dedo à nova duquesa de Sussex. De acordo com o canal de televisão americano cerca de 70% dos comentários foram feitos por um pequeno grupo de 20 contas apenas criadas com o objetivo de atacar Meghan.

As comparações entre Meghan e Kate também são muito frequentes nos ataques que são feitos à mulher de Harry e há quem vá mais longe e especule sobre a possibilidade da duquesa de Sussex não estar grávida: “notícia de última hora! A Meghan Markle está prestes a dar à luz uma almofada. Parece que toda a família real, os amigos mais íntimos de Meghan e os funcionários do palácio estavam na brincadeira. Os médicos e enfermeiros da sala de partos também serão pagos”, escreveu em tom irónico uma utilizadora do Twitter.

Recentemente Meghan surpreendeu ao subir ao palco de Wembley. Veja no vídeo:

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras