Nas Bancas

Relação de Harry com Cressida Bonas terminou porque ela ficou "assustada"

Uma visita oficial de William e Kate é a responsável pelo afastamento de Harry e da atriz

CARAS
20 de fevereiro de 2019, 11:21

Antes de Meghan, Cressida Bonas era a mulher que todos os britânicos acreditavam que viria a ser a mulher de Harry. Os dois estiveram juntos durante dois anos, entre 2012 e 2014, mas o relacionamento terminou por vontade da atriz.

Em Harry: Life, Loss and Love, um livro focado nos amores da vida do príncipe, a autora Katie Nicholl revela que, indiretamente, foram os duques de Sussex que levaram Bonas a pôr um ponto final na relação. "A Cressida ficou completamente assustada quando viu a cobertura televisiva da visita oficial de William, Kate e George à Nova Zelândia e Austrália," escreveu a correspondente da Vanity Fair, referindo-se a uma viagem que o casal fez em 2014 com o filho mais velho, na altura com oito meses. "Não havia chance de ela querer aquele tipo de atenção, e ela disse-o a Harry."

Um amigo do neto de Isabel II confidenciou a Nicholl que este não queria terminar a relação porque "estava apaixonado por ela", mas Bonas mostrou-se irredutível. "Ele tentou convencê-la de que podiam remediar as coisas, mas Cressida estava decidida. Harry sofreu um duro golpe quando ela disse: 'Não consigo fazer isto'. Acho que ela lhe partiu o coração."

E não é a primeira vez que tal acontece. "Já por duas vezes Harry ficou com o coração despedaçado por se apaixonar por mulheres que não queriam partilhar a vida em que ele nasceu," referindo-se a Chelsy Davy, outra ex que terminou a relação por achar que ser noiva real "não era vida para ela".

Conheça no vídeo as três namoradas que falharam levar Harry ao altar:

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras