Nas Bancas

Harry e Meghan refugiam-se em casa de campo de mais de 2 milhões de euros

A habitação situa-se na região inglesa de The Cotswolds e parece ter-se tornado no lugar de eleição do casal real.

CARAS
10 de janeiro de 2019, 10:10

Uma casa de campo do século XVIII situada na região de The Cotswolds parece ter-se tornado no refúgio de eleição dos duques de Sussex. Os príncipes Harry e Meghan arrendaram esta notável residência no início de 2018 e começaram a tirar partido dela pouco antes do seu casamento, a 19 de maio, em Windsor. A habitação está avaliada em mais de dois milhões de euros.

Rodeada de impressionantes paisagens, a casa de campo tem quatro quartos (um dos quais transformado em closet), uma ampla sala de jantar, uma zona de estar ao ar livre, duas cozinhas e uma casa anexa com dois quartos de hóspedes para convidados ou pessoal de serviço.

Durante este tempo, os duques fizeram várias escapadelas e alguns deles foram acompanhados por familiares, como a mãe de Meghan, Doria Ragland, e amigos, de entre os quais George e Amal Clooney, a tenista Serena Williams e o seu marido, Alexis Ohanian. ou os recém-casados Priyanka Chopra e Nick Jonas.

"É um lugar fabuloso, com vistas deslumbrantes e extremamente privado", avançou uma fonte próxima. "Meghan adora a zona. Eles adoram passear por ali com os cães e, além disso, podem aproveitar a visita de seus amigos em completa solidão”, acrescenta.

O espaço está arrendado durante um período de dois anos, pelo que tudo aponta para que o par continue a visitar o seu refúgio, inclusivamente depois de se mudarem para aquela que será a sua nova casa: a Frogmore Cottage, na qual prosseguem os trabalhos de renovação daquele espaço.

Harry e Meghan contam poder mudar-se antes do nascimento do seu primeiro filho, algo que deverá acontecer no final de março, princípio de abril.

Veja também: como Meghan mudou o príncipe Harry

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras