Nas Bancas

8.jpg

Neil Mockford

Família real britânica enfrenta problemas financeiros com a chegada de Meghan

A duquesa ainda é cidadã americana.

CARAS
30 de novembro de 2018, 13:31

Embora já seja uma mulher casada, e mantenha habitação em Inglaterra, Meghan ainda é cidadã americana e, como tal, tem de pagar impostos ao Estado. Este "pesadelo" só terá fim em cerca de cinco anos, quando a duquesa renunciar totalmente a cidadania americana.

De momento, temem-se os danos que esta obrigação possa causar, não só à fortuna de milhões de euros da duquesa, conseguida sobretudo através dos trabalhos enquanto atriz, bem como à da própria família real. Tendo em conta que a rainha e o príncipe Carlos fornecem apoio e fundos aos duques de Sussex, também estes podem estar sujeitos a pagar taxas americanas.

"Estamos a ver um nível de exposição financeira que a família real britânica nunca enfrentou antes. É o seu pior pesadelo. Tudo tem de ser declarado. Isto implica um nível de abertura fiscal e escrutínio ao qual a família real não está acostumada", afirma um assistente real. Recorde-se que as normas relativas aos impostos americanos são bastante rígidas, o que poderá significar que Meghan esteja sujeita ao pagamento de valores percentuais associados à aquisição de roupas, jóias, carros ou mesmo a habitação que divide com o marido, Nottingham Cottage.

Veja também: Meghan usa saia com transparências

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras