Nas Bancas

Sarah Ferguson diz que o príncipe André é a sua alma gémea

O casal separou-se em 1996.

CARAS
7 de novembro de 2018, 13:31

Da história de amor entre Sarah Ferguson e o príncipe André, nasceram as princesas Beatrice e Eugenie. O casal acabou por se separar em 1996, mas demonstra várias vezes manter uma grande relação de amizade. Agora, Fergie, como é carinhosamente chamada Sarah, admitiu que o pai das filhas é a sua alma gémea.

Em conversa com a Harper Bazaar, disse: “Ele é um homem muito bom, um pai excelente e o melhor amigo. Eu adoro-o. É a minha alma gémea. Foi o que dissemos em frente a Deus no altar: nós honramos e respeitamo-nos mutuamente, até que a morte nos separe. A única questão é que ele tem namoradas e eu tenho namorados”.

O anúncio da separação chegou em 1992, numa altura em que passavam muito tempo separados, devido à agenda preenchida do príncipe, que ficava muito tempo fora a cumprir deveres oficiais. Meses depois, foram divulgadas fotografias de Sarah em clima de romance com aquele que seria o seu conselheiro financeiro, John Bryan. Em 1996 oficializaram o divórcio, mas quatro anos depois, voltaram a pensar casar. Na altura, Philip - que terá ficado escandalizado com as referidas imagens - proibiu a cerimónia.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras