Nas Bancas

GettyImages-1027285376.jpg

David M. Benett

Príncipe Carlos pensou que tinha recebido um prémio... por engano

E ainda brincou com o seu sentido de moda no discurso de agradecimento.

CARAS
6 de setembro de 2018, 14:08

O príncipe Carlos, que, no próximo mês de novembro celebra 70 anos de idade, foi convidado especial na gala da revista GQ, no Tate Modern, em Londres. Lá, recebeu um prémio muito especial, que, inicialmente, pensou tratar-se de um engano.

"Quando me disseram que a revista GQ queria dar-me o prémio de Homem do Ano, tive a certeza que seria algum engano. Pensei que era um tipo de prémio de moda não merecido. Em particular, no que à moda diz respeito, sou um relógio parado. Noutras palavras, estou na moda a cada 25 anos", brincou.

Na verdade, o prémio que recebeu - Lifetime Achievement Award for Services to Philanthropy - tratava-se de uma homenagem aos seus serviços filantrópicos. "É incrivelmente amável fazerem isto. Como podem imaginar, não há nada mais satisfatório do que ver a diferença que podemos fazer na vida de tantos jovens. Se realmente lhes dermos uma oportunidade e os ajudarmos a desenvolver auto-estima, as suas vidas podem transformar-se", acrescentou.

Dylan Jones, editor da GQ referiu ainda, "O príncipe de Gales ofereceu os seus serviços a caridades e esforços filantrópicos com tamanha firmeza, clareza de propósito e dedicação aos outros, em casa e no mundo. Estamos honrados por poder dedicar-lhe este prémio no 30º aniversário da GQ britânica este ano".

Recorde-se que Carlos é patrono ou presidente de mais de 400 caridades, nas mais diversas áreas, e, em 1976, fundou o The Prince's Trust, que já ajudou financeiramente quase um milhão de jovens.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras