Nas Bancas

Palácio de Kensington já reagiu ao facto de o pai de Meghan Markle não marcar presença no casamento

Recentemente, Thomas Markle viu-se envolvido num escândalo relativo a algumas fotografias captadas por um 'paparazzi' e decidiu não estar presente na cerimónia de dia 19.

CARAS
15 de maio de 2018, 10:14

Após se ter mostrado "arrependido" e "envergonhado" devido ao escândalo em que se viu envolvido graças às fotografias combinadas com um paparazzi, Thomas Markle não assistirá à troca de alianças entre a filha e o príncipe Harry.

Foi o próprio pai de Meghan Markle que revelou ao site TMZ que não estará presente na cerimónia do próximo sábado, dia 19 de maio. O Palácio de Kensington já reagiu através de um comunicado: "Este é um momento muito pessoal para Meghan Markle uns dias antes do seu casamento. A noiva e o príncipe Harry pedem de novo que a compreensão e respeito por eles se apliquem também a Thomas Markle nesta situação complicada".

O pai da ex-atriz deveria chegar esta semana ao Reino Unido, preparando-se para levar a filha ao altar, bem como para conhecer a família real britânica, tal como Doria Ragland, a sua ex-mulher, mãe de Meghan. Também seria por esta altura que Harry conheceria o futuro sogro.

Thomas Markle afirmou, após a polémica, não querer prejudicar a filha nem a família do príncipe e disse sentir-se "envergonhado" pelo que fez. No dia seguinte após ser divulgada a verdade relativa às imagens, a meia-irmã de Meghan, Samantha, assegurou ter sido ela a sugerir ao pai o acordo com o paparazzi.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras